terça-feira, 30 de dezembro de 2008

se liguem, beshas!


"Dar pinta é uó. Os bofes ficam de cara. As amapôs xoxam horrores. Todo mundo gonga. É por isso que as bees ficam colocadas. Não dá para suportar tanto coió. A saída é se jogar. Não é fácil ser fervida, pintosa, poc-poc, besha-besha-besha. Por isso, darling, preparamos uma listinha com dez mandamentos (oops, sacrilégio!), dez dicas para você, enrustidinha da Estrela ou simplesmente discreta, ser de design diferenciado, sobreviver linda, nesta selva de comportamentos dissimulados, puritanos e esquematizados.

[Esse trecho foi escrito com alguns termos do pajubá, vocabulário que inspira a fala do gueto, adotado por travestis e drags. Tradução: 10 dicas para evitar problemas em ambientes homofóbicos]

1- Evite falar de sua intimidade no trabalho. Não precisa mentir nem inventar falsas relações héteros. Isso soa ridículo. Resguarde sua vida pessoal. Fuja de fofocas e comentários maldosos.
2- Cuidado com as gírias da noite. Nada de bichês no escritório. Facilite a comunicação. Profissionalize o vocabulário. Não censure quem prefere um linguajar mais solto, tá, mona?!
3- Nunca se destaque pelo figurino. Prefira a elegância discreta. Héteros também usam camisa rosa, jeans com pequenos rasgos, meia soquete. Mas nada de roupas transparentes.
4- Não paquere no ambiente profissional. Não encare os bonitões. Não faça banheirão. Não use sua orientação sexual como trunfo para subir na empresa. Nem faça disso sua caveira.
5- Nada de deixar revistas de nudez na mesa ou na gaveta. Se você esconde também da família, não deixe o material debaixo do colchão. É o primeiro lugar onde toda mãe vasculha.
6- Diversifique seu papo e companhias. Antene-se sobre o cotidiano fora do mundo gay. Veja também os cadernos de esportes, política. Não se limite ao discurso fashionista, clubber e culturete.
7- Não publique suas fotos de baladas ou com parceiros na web. Não deixe mensagens comprometedoras em blogs, por exemplo. Todos podem ter acesso, de sua mãe a seu chefe.
8- Crie conta fictícia para paquerar no MSN ou Orkut. Evite abrir no trabalho. Já imaginou o "malhado_quer_brincar_com_local" piscando na sua tela, enquanto você saiu para o almoço.
9- Atenção com as visitas a sites pornôs no micro ou notebook da empresa. Tudo fica registrado. No caso de uma varredura, você pode sair prejudicado ou com fama de tarado.
10- Não hostilize os gays assumidos nem as pintosas. É difícil vencer essa briga. Tente circular por todos os ambientes. Seja flexível, tolerante e amistoso. Se alguém conquistar sua confiança e perguntar se você é gay, responda a sua verdade, do seu modo, no seu tempo. "
Sérgio Ripardo.

ser besha é fácil, difícil é ser hetero! (fica a dica)

p.s.: estrelando: Wanessão! porque ela também é uma Wanessa!

FELIZ ANO NOVO WANESSAS! saudade de vocês!
bel

3 comentários:

Diebold; Augusta disse...

AHSUASHUASHAUSHAUSHAUSH
muito bom, sério!

isa lenz disse...

Não faça banheirão(?)
huahau

lgoldstein disse...

AMEI WANESSA!
SUPER MARA!
GOTEI MêS...
hahahaha

até parece que todas somos travecas...
hahahahaha